sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Ciêntistas listam 10 músicas que são capazes de melhorar o humor das pessoas.

É muito provável que você goste de algum tipo de música. Afinal, quem não gosta, né? O campo da ciência neural entrou com tudo no assunto, e decidiu investigar o “porque” da paixão das pessoas pela música. 

Acontece que o estudo tomou um outro rumo, e o grupo de pesquisadores responsável pelo projeto resolveu analisar a influência da música no cérebro das pessoas, e listou um “top10″ com as músicas que mais são capazes de melhorar o humor das pessoas.

A pesquisa em questão foi liderada pelo neurocientista Dr. Jack Lewis, que além de doutor, possui PhD (último e mais alto título acadêmico) na área. Ou seja, o cara tem bala-na-agulha para falar oque bem entender.

Em sua pesquisa, Lewis utilizou o já conhecido serviço de streaming de músicas RaRa.com, e a influência apresentada no cérebro de cada um dos usuários do serviço, diferenciando-os de acordo com o estilo musical que os mesmos escutavam. O neurocientista pode então traçar o “perfil feliz” da música, que é capaz de transmitir a sensação de alegria e tranquilidade para o ouvinte. Esse perfil é composto de um vocal suavemente agudo, e uma melodia rápida e previsível (isso explica porque os sertanejos brasileiros com 2 estrofes fazem tanto sucesso).

Essas músicas são capazes de estimular regiões do cérebro responsáveis pelo prazer, satisfação e emoção. Alguns estudos desencadeados desse, comprovam inclusive, que escutar essas músicas enquanto pratica exercícios físicos ajuda na queima de calorias.
Segundo o cientistas, ouvir as músicas dessa lista pode ser tão prazeroso quanto praticar sexo, ou comer uma deliciosa barra de chocolate.

Obviamente, levando em consideração que o cientista analisou um perfil americano encontrado em uma maioria de usuários de um serviço de streaming específico, não deve-se considerar a lista acima como regra única para uma música te fazer bem.

Seguindo essa linha de raciocínio, o estudo ainda comprovou que na maioria dos casos em que um outro tipo de música conseguiu estimular partes do cérebro responsáveis pela felicidade, foi quando as músicas aludiam a um fato importante da vida do ouvinte (a música de um primeiro encontro, da sua infância ou algo semelhante).

Bob Ainda representa..hahah......:D