sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Igarassu é a primeira cidade do Nordeste a legalizar a maconha


O único problema é que nem o Estado e nem o Mercado ainda administram a produção.
Os cidadãos de Igarassu, município da Região Metropolitana do Recife, no litoral do estado de Pernambuco, ganharam mais um motivo para comemorar. Após se tornar a primeira cidade nordestina a aprovar o Passe Livre para estudantes, logrou ser, também, a primeira do Nordeste a garantir o uso legalizado da Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha. A novidade vai beneficiar, sobretudo, estudantes, residentes no município e que estejam inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (Cadúnico).
A conquista foi batalhada pelo Movimento Estudantil de Igarassu em parceria com a Coordenadoria da Juventude da Prefeitura de Igararassu. Os estudantes e demais cidadãos ganharão um cartão no valor de R$74 ou R$148 mensais para adquirirem a quantidade que o numerário puder comprar. Como a erva ainda não é produzida pelo Estado e nem pelo Mercado, a iniciativa ainda fará os consumidores recorrerem às fontes tradicionais.
Os estudantes que vão usufruir do benefício tem, obrigatoriamente, que ter uma frequência escolar mínima de 70% e aprovação de 80% das matérias caso queiram fazer fumaça que não seja oriunda dos pensamentos.
Com a medida, números da Migração Herbocinética, em direção ao Uruguai, que vinha causando grave redução populacional no Recife, tenderão à sanidade.